Páginas

segunda-feira, 15 de junho de 2009

Noites de lua cheia

Ela me chama em noites de lua cheia
Saio correndo e me jogo em seus braços

Todas as noites ela canta uma sonata
Em dias nublados, um facho de luz
Um porto seguro como um farol na madrugada
De olhos vendados ela me conduz

Ela me chama em noites de lua cheia
Saio correndo e me jogo em seus braços

Um jogo que não precisa terminar, uma canção
notas, harmonias e letras carregadas de nostalgia
E é além. como uma musica que toca o coração
Este é o amor que ataca a carne trêmula e fria

Ela me chama em noites de lua cheia
Saio correndo e me jogo em seus braços
Arranco o meu coração para te servir a ceia
E vejo o desejo percorrer os teus lábios

Ela me chama...
Eu me jogo em seus braços!
Related Posts with Thumbnails

3 comentários:

Sam disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blog.
Hugo Costa disse...

mto bom!

Anônimo disse...

journalists consortium placelondon radio signify colour exploration opening inferior baboons roscoe
semelokertes marchimundui